O Microsoft Azure é a plataforma de nuvem de crescimento mais rápido no momento. Muitas organizações a usam para criar e fornecer rapidamente serviços de nuvem que podem ser escalonados ou para migrar cargas de trabalho existentes. No entanto, serviços em nuvem maiores e mais rápidos podem aumentar rapidamente a complexidade de uma rede. Para resolver isso e garantir que as cargas críticas para os negócios sejam executadas corretamente, as equipes de TI precisam de visibilidade profunda em seus ambientes do Azure. 

Monitorar Azure com ferramentas de terceiros

O Azure oferece uma variedade de ferramentas de monitoramento nativas, como Logs de Atividades, Diagnósticos e Alertas. Ele também oferece o Azure Monitor, uma solução robusta de monitoramento e alerta semelhante ao CloudWatch da AWS. No entanto, monitorar seu ambiente com essas ferramentas pode ser desafiador por causa de suas ofertas complexas e sobrepostas.

Pode ser demorado reunir todas as métricas no monitor do Azure, pesquisar os resultados e ver todos os dados relevantes. A melhor maneira de eliminar as lacunas de visibilidade deixadas pelas ferramentas de monitoramento nativas é aproveitando uma ferramenta de terceiros, como ManageEngine Applications Manager.

Obtenha visibilidade profunda em seu ambiente do Azure com o Applications Manager

O Applications Manager é uma ferramenta de monitoramento sem agente do Microsoft Azure que fornece uma visão profunda da integridade e do desempenho do ambiente. Ajuda a mantê-lo saudável e a garantir que os serviços estejam sendo executados conforme o esperado. Se não estiverem, você poderá corrigir os problemas rapidamente.

O APM é um software de monitoramento eficaz do Azure que coleta as principais métricas de vários serviços como VMs, contas de armazenamento, Banco de Dados SQL do Azure e muito mais em intervalos regulares e organiza essas informações em painéis interativos e personalizáveis. As métricas coletadas ajudam a entender a integridade do serviço, o uso de recursos, o desempenho, etc.

Conheça o estado dos serviços da sua organização, a integridade atual e passada dos recursos e os horários em que eles estiveram indisponíveis. O Applications Manager atua como uma das melhores ferramentas no setor e notifica você sobre erros, detecta gargalos de desempenho e emprega ações corretivas para ajudá-lo a resolver problemas e otimizar o desempenho da aplicação.

Como ele funciona?

Applications Manager usa o APIm do Azure, incluindo o Azure Resource Monitor, para se conectar ao Azure para coleta de dados. Ele descobre automaticamente seus recursos e facilita o início do monitoramento.

Seja notificado de erros nos canais de sua escolha

A ferramenta oferece suporte a uma ampla variedade de canais de notificação, como Slack e ServiceNow, juntamente com canais de Webhook, e-mail e SMS. Dessa forma, você fica sabendo dos problemas em tempo real e pode tomar ações corretivas com mais rapidez.

Resolva problemas de desempenho do Azure mais rapidamente

Com alertas instantâneos sobre problemas em seu ambiente, a resolução pode acontecer em minutos, em vez de dias ou semanas. Por exemplo, você pode configurar o monitor do Azure para implementar ações automatizadas para iniciar, parar ou reiniciar VMs sempre que o uso da CPU ultrapassar um limite especificado para evitar indisponibilidade repentina de recursos.

Os recursos de análise de causa raiz permitem uma solução de problemas mais rápida e reduzem o tempo médio de reparo, garantindo menos impacto nos aplicativos essenciais aos negócios.

Migre para o Azure com confiança

Prepare-se para uma migração tranquila para o Azure, monitorando sua infraestrutura crítica e aplicações com o Applications Manager e ganhe visibilidade profunda em seu ambiente do Azure. Ele melhora a confiabilidade da plataforma e garante a continuidade dos negócios durante a migração.

Monitore plataformas multi-nuvem

Muitas empresas estão adotando várias plataformas de nuvem para obter mais flexibilidade em seus ambientes de nuvem, manter melhor controle sobre as cargas de trabalho e evitar a dependência do fornecedor. Além do Azure, você também pode usar o Applications Manager para obter insights sobre as cargas de trabalho nas plataformas AWS, Google Cloud, Oracle Cloud e OpenStack. Descubra interrupções de serviço, atrasos de aplicações, tempo de inatividade do servidor e outros gargalos dentro e fora de seus ambientes de nuvem.

Monitore tecnologias locais a partir do mesmo console

A maioria das empresas ainda mantém aplicações locais tradicionais e componentes de infraestrutura, embora tenham começado a migrar para a nuvem. Como resultado, existe uma infraestrutura de nuvem híbrida onde os componentes antigos e novos coexistem.

Você pode usar o Applications Manager para monitorar suas tecnologias locais, como servidores, bancos de dados, e muito mais, junto com as cargas de trabalho em seus ambientes de nuvem. Isso permite automatizar operações e acelerar a inovação usando apenas uma ferramenta de monitoramento.

Adicione e monitore os serviços do Azure em minutos

Se você já estiver usando o a solução, poderá começar a monitorar os serviços do Azure adicionando monitores. Ou você pode se inscrever para uma avaliação gratuita e começar a monitorar imediatamente seus serviços do Azure junto com seus servidores e serviços locais.

Para saber mais sobre como o Applications Manager pode ajudar no monitoramento, confira a página em nosso site e faça um teste gratuito de 30 dias agora mesmo!